Transbordamento de açudes causa três mortes no RN

Três homens morreram afogados em açudes que transbordaram no Rio Grande do Norte, devido às chuvas no Estado. Os corpos foram encontrados pelos bombeiros nesta quarta (5), nas cidades de Várzea, Boa Saúde e São José de Mipibu (RN). Eles estavam desaparecidos desde domingo.
Segundo o capitão do Corpo de Bombeiros Kleiber Bandeira, os três tinham entre 40 e 50 anos e morreram levados pela correnteza que se formou com o transbordamento.
Ontem, as chuvas deixaram toda a região do Vale do Açu, no oeste do Rio Grande do Norte, em estado de alerta devido à possibilidade de transbordamento das barragens com a elevação do nível de água.
O município de Ipanguaçu decretou estado de emergência, que pode facilitar o acesso a recursos do governo federal. O tenente-coronel Josenildo Accioly, do Corpo de Bombeiros, informa que já foi encaminhado um pedido de ajuda federal.
Quatro bairros de Ipanguaçu foram inundados e há quase mil pessoas desabrigadas, segundo informações da Defesa Civil do Estado. Segundo o capitão Kleiber Bandeira, estas pessoas estão indo para abrigos em locais públicos. A Secretaria Estadual de Assistência Social informou que providenciou cestas básicas e colchões para os desabrigados.
A cidade de Natal também sofreu com a chuva. Ontem se formaram 15 pontos de alagamento, de acordo com os bombeiros, mas a situação já se normalizou com a redução das chuvas.
Segundo a Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), de ontem para hoje, houve 14mm de chuva em Ipanguaçu, nível considerado normal. O que preocupa os meteorologistas é a chuva em outras cidades da região, como Caicó, onde caíram 30mm, pois a água se acumula rapidamente no vale. Também há chuvas intensas em Mossoró e Apodi, no oeste do Estado. Cada milímetro equivale a um litro de água por metro quadrado.
Gilmar Bristot, meteorologista da Emparn, afirma que a chuva está acima da média em várias regiões do RN, como a chapada do Apodi e o Vale do Açu, devido ao fenômeno La Niña (resfriamento das águas do Pacífico, que aumenta as chuvas no Nordeste do Brasil). Porém, ele alerta que as enchentes não são causadas só pela chuva, pois a construção de açudes de forma incorreta causa assoreamento do rio, aumentando o risco de enchentes.

Folha Online

Posted on 06/05/2011, in RN. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: